(11) 2638-2811 info@braddocks.com.br
Viagens Alpes 2018

Pacote SUÍÇA

09 a 13 de Julho

Depois de completar o L'Étape du Tour, você merece se hospedar num hotel SPA na Suíça e apreciar as montanhas de grande altitude e seus glaciares. Nada mais recompensador do que um lugar que te ofereça o melhor da gastronomia, massagem, piscina, sauna e, é claro, o prazer de pedalar nas paisagens mais bonitas da Europa.

Programação

Serão 4 dias na Suíça, vendo o lado suíço dos Alpes, sempre próximo do Mont-Blanc, visitando montanhas lindíssimas, com desnível de mais de 1.400m.


9Julho segunda-feira

AnnecyChamonixSuíça

A apenas uma hora de Annecy, vamos visitar a cidade de Chamonix, uma das capitais mundiais de esportes de montanha. A cidade sedia muitos eventos de esqui, trekking e escalada e é frequentada por atletas do mundo todo.

Para conhecer de verdade o Mont-Blanc, você precisa subir no teleférico que leva ao pico "Aiguille du midi". Além do passeio e da vista espetacular, o ponto alto é entrar num cubo de vidro que se projeta na montanha. Precisa de coragem, mas a experiência é única!

Hotel SPA Nendaz

Seguiremos viagem, por mais uma hora, para o hotel SPA em que nos hospedaremos, na cidade de Nendaz, na Suíça, uma estação de esqui no vale do rio Rhône, posição estratégica para as montanhas que vamos visitar.

Além de todo o conforto e serviços que este tipo de hotel permite, todas as suítes possuem banheira, varanda e são muito espaçosas e confortáveis, mas é possível ainda escolher seu quarto com vista para a montanha!

Nossa estadia dá direito a acessar as áreas do SPA: piscina externa, piscina coberta, piscina com correnteza, sauna seca, sauna a vapor, sauna panorâmica, grutas, hidromassagem e diversas áreas de relaxamento.

10Julho terça-feira

Col de la Croix

Se você tiver que fazer apenas uma escalada na Suíça, essa é a montanha. São 1.400m de escalada, saindo da cidade de Bex, num total de 22km de subida. Já é mais do que o Col du Galibier.

Em 2016, o Chris Froome venceu uma etapa do Tour de Romandie nessa montanha.

Uma estrada do jeito que os ciclistas gostam: poucos carros, mas muitas curvas e paisagens.

11Julho quarta-feira

Col du Sanetsch

Saindo pedalando do hotel, vamos escalar um monstro de 1.700m de desnível. É mais que o famoso Mont-Ventoux! Lembrando: em todos os treinos, você pedala o quanto quiser. O carro sempre nos acompanha e você pode alternar trechos de descanso à vontade.

A parte mais alta dessa montanha tem o típico visual suíço que temos em mente: pastos verdes, vaquinhas malhadas, chalés, picos nevados. Pouco tráfego e alguns túneis no caminho, um deles bem longo, tornam o passeio ainda melhor.

No topo da escalada, vamos pegar o teleférico que leva ao outro lado da montanha. São 11 minutos de passeio com vistas espetaculares!

E pra quem estiver mais animado, a opção: levar a bike no próprio teleférico e terminar o passeio pedalando em outra região, passando pelo Col du Pillon, com direito a uma descida de mais de 20km, vinícolas e até um castelo. Para voltar ao hotel, um passeio de 30 minutos de trem, às margens do rio Rhône.

12Julho quinta-feira

Col du Grand Saint-Bernard

Outra montanha gigante na região da fronteira tríplice: Suíça, França e Itália. Se começássemos pelo vale, na cidade de Martigny, essa escalada beiraria os 2.500m de ascensão em 42km de subida ininterrupta. Mas o trecho que vamos fazer será o mais clássico: partindo de Sembrancher, serão 30km com desnível de 1.752m até a fronteira com a Itália. Felizmente, sem grandes inclinações.

13Julho sexta-feira

Check-out

Dia de fazer as malas e partir para o aeroporto de Genebra, mas não sem passar para almoçar em Lausanne ou Montreaux, grandes cidades suíças no nosso trajeto ao redor do lago Leman.



Valores e reservas

Escolha o tipo de hospedagem e reserve:

Escolher



Pacote França

Conheça a programação dos dias anteriores, do pacote FRANÇA.

Veja a programação