(11) 2638-2811 info@braddocks.com.br
Vídeos Assine nosso canal no Youtube

Kit Básico

O que você leva quando vai pedalar? Veja nosso kit básico neste vídeo.


Bike pronta, ciclista disposto... O que preciso levar comigo pra pegar a estrada?

De forma resumida, nossa lista recomendada é a seguinte:

  • Caramanhola
  • 2 câmaras
  • Kit de remendos
  • Bomba e/ou cartuchos de CO2
  • Espátulas
  • Canivete multifunção
  • Documentos
  • Dinheiro e cartão de crédito
  • Cartão do convênio médico
  • Celular

Acima de duas horas de treino, considere adicionar:

  • Outra caramanhola
  • Comida, gel, barras energéticas
  • Corta-vento (especialmente em montanhas)
  • Protetor solar

 

Caramanhola

Esse é o nome que se dá pra essa garrafinha. Prefira as caramanholas térmicas, que mantêm o líquido por muito mais tempo. Mesmo que não esteja gelado, pelo menos não vai ser um chá. Em treinos acima de duas horas, sempre leve uma segunda caramanhola ou planeje suas paradas com folga. Ficar sem hidratação é um dos piores erros que você pode cometer. Assista ao vídeo que cita os 10 erros mais comuns de um ciclista.

 

Câmaras

É sempre bom levar uma segunda câmara porque, acredite, ela pode, sim, furar novamente.

 

Kit de remendos

E se furar a terceira vez? Sim, acontece. Se você não tem um ciclista amigo pra emprestar uma câmara, remendá-la é melhor do que ficar na estrada esperando uma carona.


Espátulas

Na MTB são até dispensáveis, mas tirar um pneu de speed na mão é bem mais complicado. Duas espátulas são suficientes.

 

Bomba e/ou cartuchos de CO2

A bomba é necessária e mais confiável do que o CO2. Algumas soluções resolvem os dois problemas e tem gente que leva ambos e usa o CO2 só pra não ter que gastar tempo e energia com a bomba.

 

Canivete multifunção

É uma ferramenta compacta com múltiplas funções, que permitem fazer os ajustes e reparos mais comuns na bicicleta. Se estiver na trilha ou andando sozinho, acrescente a função da chave de corrente.

 

Documentos e dinheiro

Como em qualquer momento da sua vida, carregar os documentos é importante. Levar a CNH, a carteirinha do convênio médico e um pouco de dinheiro é sempre uma boa ideia. Nunca se sabe quando vamos precisar, mas pode ser útil pra te levar de volta pra casa ou pra se alimentar em algum lugar quando o treino se prolonga.

 

Celular

Mais um item de segurança. Se você usa Strava ou algum sistema semelhante no celular, sempre monitore o nível da bateria, pois o GPS costuma consumir bastante. Pode fazer falta ter um telefone funcionando.

 

Treinos acima de duas horas

Gel/barras/frutas

Igualmente importante é a alimentação. Você é seu próprio motor. Com o tempo, você adquire experiência e encontra seus alimentos preferidos e dosa quantidade melhor, mas se está começando, prefira errar pra mais.

 

Corta-vento

Quando estamos pedalando na alta montanha, como na Europa, ou mesmo num dia frio ou com risco de chuva aqui no Brasil, é muito importante carregar um corta-vento impermeável de manga longa porque essa mudança brusca de temperatura pode te impedir de terminar o treino ou até te deixar doente.

 

Protetor solar

Embora nem todo mundo leve isso a sério, pode ser uma boa ideia levar um tubo pequeno de protetor solar para aplicar novamente quando o treino é muito longo.

 

Onde guardo tudo isso?

A solução mais comum é fixar caramanholas, bomba e cartuchos de CO2 no quadro, nos suportes próprios pra isso, e guardar as ferramentas e câmaras numa bolsa de selim, que fica sempre na bike, assim você não corre o risco de esquecê-las. Algumas marcas oferecem soluções pra fixar câmaras e ferramentas na lateral do quadro, como opção à bolsa de selim.

Celular, documentos e dinheiro podem ficar protegidos da chuva num plástico, junto com a comida, que deve estar fácil de ser alcançada sem ter que parar a bicicleta. O corta-vento, se bem dobrado, cabe nos bolsos da camisa.
Cuidado com itens pontiagudos ou cortantes. Eles podem furar seus bolsos e deixar tudo pelo caminho ou te machucarem numa queda.